Jailson Coloca O Palmeiras Pela Desfecho Do Paulista De 2018

Como Criar Um Perfil Matador No Linkedin


Depois de quatro anos aqui no UOL, mudei de endereço. Muito obrigado se me visitar por lá. Tenho dedicado minha atenção a preparar-se as modificações que deveremos fazer pela gestão para conviver com a chamada formação E. E só fazer uma busca na internet que encontraremos extenso quantidade de posts com as mais imensas dicas.


Muitas coisas de ordem prática me intrigam. Uma delas é "fazer relatórios". Está claro que os trabalhadores da criação E não gostam de fazer relatórios. Localizam relatórios uma extenso perda de tempo, uma bobagem. Pela maior parte das vezes eu concordo com eles. E quanto for primordial? Um aluno membro da palestra pela ESAD deu uma dica curioso: alterar o formato do relatório.




Aconselhou simplificar, restringir o tamanho e produzi-lo à base de print screen. Não necessita relatar, basta demonstrar. Intrigante esta sugestão e comecei a praticar com meus pupilos. Meus relatórios passam a ser em temas curtos, colagens e hiperlinks para a internet. O twitter tem um poder? Início a desconfiar que o poder do twitter, facebook e outras redes da internet é muito menor.


No último dia 23/06 eu perguntei aos alunos na sala de aula de pós-graduação sobre o tal do "Cala Boca Galvão". Ninguém sabia do que se tratava. Um único aluno citou que viu a capa da revista Veja sobre o assunto. Como não leu a matéria nada sabia sobre o assunto. http://blogdetratese10.soup.io/post/659528437/Web-sites-E-Blogs /p>

Em termos práticos não tem causando nenhum repercussão. Após o pega-no-pé do Galvão Bueno veio a campanha de "um dia sem Globo". Nesta daí eu recebi assim como mensagens por e-mail. Hoje, 25/06, a audiência da Globo subiu em conexão ao jogo anterior da copa do mundo. Significa que a mobilização não funcionou. Globo é povão. http://massamuscularsite85.fitnell.com/14754324/passo-a-passo-para-desenvolver-um-site-pessoal-de-sucesso-guia-completo é elite e geração Y, que quase não assiste a Globo. Será possível viver sem o Office instalado no seu computador?


Eu imediatamente estava desejando mesmo me livrar do OFFICE em meus pcs portáteis. As razões são muitas: Custa muito caro, necessita de muita memória e tem um modelo anterior à Web 1.0. Já que já isso está mais perto do que nunca. http://blogs.rediff.com/novidadestrataragora87/ , em beta, aprendendo com o Google, o DOCS dentro do Facebook. É uma reação tardia porém necessária. Desde 2006 o Google vinha solitário pela disponibilização aplicações de "escritório" na nuvem.


Quem trabalha comigo prontamente conhece as vantagens de compartilhamento e edição de documentos Word e Excell sem a inevitabilidade de ter o aquivo salvo fisicamente numa definida pasta em um estabelecido pc. Neste momento vejo que os jovens da criação E irão poder utilizar todas as aplicações tradicionais (Word, Excell, Power Point) mais com facilidade, descrevendo entre si com segurança controlada. O próximo passo deveria ser o google colocar o Docs dentro do Orkut porque as aplicações de "Fazenda Feliz" não me servem. Visualize nesse lugar um tutorial comentando como dá certo o DOCS. Vale a pena assim como ler a versão "OFFICIAL" da Microsoft. Se você não apreender chame o robô translator do google e traduza.


Os sinais estão por todos os lados. Em novembro de 2006 os alunos do MBA ESAD viram mela primeira vez o slide abaixo. Pela ocasião usei o mote do redirecionamento estratégico da Microsoft pra perguntar: Por quanto tempo o teu atual padrão de negócio se sustenta? De lá pra cá os sinais se confirmaram e a Microsoft mudou tua estratégia, entrando claramente com o office em "computação pela nuvem".


O Balmer divulgou nesse lugar no Brasil pela semana passada os principais avanços que envolvem um novo MSN integrado a imensas mídias sociais, lançamento do office "pay-per-use" e um office específico pra ser usando dentro do facebook. Ao perceber http://bebidaweb1.wikidot.com/blog:3 do tempo, me perguntei: Quanto tempo as corporações tem para ajustar sua trajetória antes de sucumbir? Parece que algumas tem mais tempo.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *